Como fazer vídeos para o Stories do Instagram: 5 coisas que você precisa saber – Brainstorm Tutoriais – Edição de Vídeo com Sony Vegas, Adobe Premiere e muito mais

O Instagram Stories foi lançado em 2016 e, desde então, não para de nos apresentar novas funções e formas de uso.

Um dos formatos mais utilizados na ferramenta, é o vídeo!

Se você está aqui é por que, provavelmente, está pensando em fazer vídeos para o Stories e esse post rápido vai te mostrar 5 coisas que você precisa saber antes de começar a criar os materiais.

Vamos lá?

1. Formato

Tanto o Instagram Stories como a inspiração do seu surgimento, o já quase não utilizado Snapchat, se aproveitam da experiência de tela cheia do celular. Como dificilmente alguém vira o seu dispositivo só para assistir uma postagem no aplicativo, você precisa contar a sua história já pensando no seu vídeo nesse formato vertical.

As dimensões ideais para alta qualidade são 1080 (horizontal) x 1920 (vertical), mas vale qualquer tamanho na proporção 9:16 (720 x 1280, por exemplo), porém, dependendo do tamanho da tela em que os seus seguidores forem assistir, a experiência será afetada pela imagem “pixelada”.

Lembrete: cuidado para não colocar informações importantes nas bordas superiores e inferiores dos vídeos, pois elas podem ficar escondidas atrás do seu nome de usuário ou pelo campo de comentários dos Stories.

2. Duração

A duração máxima dos seus Stories deve ser de até 15 segundos, porém, uma tática muito utilizada quando a sua história extrapola esse tempo, é dividir o vídeo original em pedaços que se adequem nesse limite e postá-los em sequência.

Com a última atualização do Instagram, você consegue postar até 10 pedaços de uma vez e os vídeos não vão subir com espaços de tempo longos entre eles! Bacana, né?

3. Qualidade

Nem só do tamanho dos vídeos é feita a qualidade dos seus Stories. O Instagram comprime os vídeos no momento do envio para poupar espaço nos seus servidores e o resultado, às vezes, pode decepcionar.

A dica é exportar os seus vídeos com um bitrate não muito baixo e com o codec H.264 (em formato mp4), já que normalmente, ele não resultará em um arquivo gigantesco.

Na hora de fazer o upload, a dica é utilizar um celular com iOS (presente nos dispositivos da Apple) já que a compressão da rede social é maior para dispositivos com Android (ahhh… agora você sabe porque aquele amigo com iPhone posta vídeos tão bons com a câmera frontal mesmo com o seu Android tendo uma câmera frontal de trocentos megapixels, né?!).

4. Ritmo

Ninguém gosta de vídeos chatos, não é mesmo? Então, para alavancar o número de visualizações dos Stories e o interesse de seus seguidores por eles, é importantíssimo fugir da monotonia. Para isso, vale testar gráficos, animações, efeitos sonoros e até trilhas para se diferenciar no meio de tantas postagens inúteis e selfies.

Existem vários aplicativos para edição de vídeos no celular e, inclusive, já fizemos um post com alguns deles aqui no blog.

5. Referência

Para finalizar, vou deixar uma referência na produção de Stories arrebatadores de atenção para você se inspirar.

Jesse Driftwood abusa da edição dos seus Stories incluindo efeitos, transições e trilhas fantásticas em seus vídeos. As cores e fotografia das filmagens também são surpreendentes. Vale a pena seguí-lo.

Nós aqui do Brainstorm também tentamos caprichar no conteúdo que postamos por lá, você já nos segue? Corre lá!

Também nos siga no Facebook, Youtube e Twitter para não perder nada do que acontece por aqui.

Se tiver qualquer dúvida é só deixar nos comentários aí embaixo para alguém da nossa equipe responder.

Compartilhe também as suas referências do Instagram para a galera conferir.

Mateus Ferreira

Mateus Ferreira tem 20 anos, é de Londrina-PR e atualmente cursa Comunicação Social - Publicidade e Propaganda. Sempre foi apaixonado por internet, edição de vídeos e programação, criou o Brainstorm Tutoriais em Janeiro/2011 com o intuito de compartilhar seu conhecimento.

Ver todas as postagens

Siga nossas Redes Sociais