Texto de Bruno Lorensato

Manipular as emoções do público é uma tarefa complicada, seja no cinema, na TV ou até mesmo na internet.

Uma forma de trabalhar esse ponto, é utilizando a psicologia das cores. Criando estéticas visuais que emocionem o público instintivamente no primeiro momento.

Aqui vamos analisar alguns exemplos. É importante lembrar que não tem uma forma certa ou errada de usar as cores. E claro, toda a construção da cena é que vai ditar uma atmosfera, e não apenas as cores.  

Em 2001: Uma Odisseia no espaço, Stanley Kubrick usa majestosamente o vermelho e o branco para criar uma das cenas mais icônicas do cinema moderno. Nela, o traje vermelho representa o poder do personagem, e também o perigo, contrastando com o branco da estação que demonstra a tranquilidade e frieza do ambiente. Logo adiante no filme, o vermelho é utilizado para demonstrar a violência do personagem dentro do processador de Hal, desligando-o. Em Ex_Machina, o vermelho é utilizado como alerta e perigo. 

2001(2)

Contudo, o vermelho também é a cor da paixão e amor, sendo perceptível no filme Her. A cor vermelha está presente na relação de Theodore e Samantha enquanto vai bem. Esses aspectos do vermelho são brilhantemente explorados também em Beleza Americana. A cor está presente nos sonhos de Lester com Angela. E na cena final, ele transcende muito bem entre o amor que Lester sente por sua filha e posteriormente na tragédia, representando a violência, contrastando com a cor branca, nesse caso, representando a paz interna que Lester sentia naquele momento.

Beleza Americana

Ainda nos tons quentes, o laranja tem um significado diferente, ele representa o calor, a catástrofe e o apocalipse. Em Alice no País das Maravilhas, Tim Burton utiliza os tons alaranjados para criar a cena em que a vila do chapeleiro é destruída pelo fogo. Em Ex_Machina, o laranja é utilizado para apresentar ambientes mais quentes.

Alice

Mad Max talvez seja o melhor exemplo para o uso da cor laranja. Ao longo do filme, o laranja é utilizado para criar a sensação de calor no deserto, contudo seu uso não se restringe a isso, mais adiante, o laranja é utilizado de forma mais avermelhada para criar uma tempestade de areia assustadora, simulando um apocalipse. Por fim, Mad Max cria uma composição incrível utilizando a cor laranja e azul. Aqui, o laranja representa o calor do fogo, mas também o calor humano, estando apenas as moças abraçadas nos tons laranjas. Na frente do veículo, o tom azul deixa claro a frieza e solidão dos personagens de Tom Hard e Charlize Theron.

Mad Max

O amarelo por sua vez, é uma cor enigmática e pode significar coisas completamente distintas, como relaxamento no curta de Wes Anderson, Hotel Chevalier, mas também representa loucura em Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância) e insegurança em Her e, também de Wes Anderson, Moonrise Kingdom.

Birdman-YELLOW (1)

Em malévola, os tons verdes claros representam no início do filme a juventude da protagonista. Em filmes de sobrevivência e superação, o verde é usado como boas novas, como no final de Gravidade. Porém, o verde também pode representar destruição, por isso é a cor dos feitiço de Voldemort na série Harry Potter e também a cor dos poderes em Malévola.

Malévola

O azul transmite segurança, tranquilidade e frieza e por isso é utilizado em Beleza Americana na escada, contrastando com a cena que antecede e sucede. Em Only God Forgives, o azul é utilizado para representar a depressão e solidão do personagem.

Only God Forgives

O erotismo é representado pelo roxo em Lost River. Em Guardiões da Galáxia, ele simboliza a arrogância e sede de poder de Ronan, presente na cor de seus olhos, além de simbolizar também o poder da joia do infinito.

Lost River

O rosa é muitas vezes associado a inocência feminina e em Grande Hotel Budapeste, representa a inocência do amor de Zero e Agatha. E assim como o violeta e o vermelho, o rosa também pode representar o amor, como em Scott Pilgrim.

Scott Pilgrim

O fato das cores terem significados não impede de usá-las apenas porque gosta, mas usá-las a seu favor para manipular a emoção da audiência facilita muito a criação da atmosfera emocional da sua cena.

Abaixo um guia rápido e um vídeo para te ajudar na construção de cenas.

Guia rápido sobre as cores no Cinema

Vermelho – raiva, paixão, fúria, desejo, entusiasmo, energia, velocidade, força, poder, calor, amor, agressão, perigo, fogo, sangue, guerra, violência.

Rosa – amor, inocência, saúde, felicidade, satisfação, romance, charme, brincadeira, suave, delicado, feminino.

Amarelo – sabedoria, conhecimento, relaxamento, alegria, felicidade, otimismo, idealismo, imaginação, esperança, raio de sol, verão, desonestidade, covardia, traição, inveja, cobiça, engano, doença, perigo

Laranja – humor, energia, equilíbrio, calor, entusiasmo, vibrante, expansivo.

Verde – cura, calmante, perseverança, tenacidade, auto-consciência, orgulhoso, imutável natureza, meio ambiente, saudável, boa sorte, renovação, juventude, vigor, Primavera, generosidade, fertilidade, ciúme, inexperiência, inveja.

Azul – fé, espiritualidade, contentamento, lealdade, paz, realização, tranquilidade, calma, estabilidade, harmonia, unidade, confiança, verdade, confiante, conservadorismo, segurança, limpeza, ordem, céu, água, frio, tecnologia, depressão.

Roxo/Violeta – erótico, realeza, nobreza, espiritualidade, cerimônia, misterioso, transformação, sabedoria, ser iluminado, crueldade, arrogância, luto, poder, sensível, intimidade.

Marrom – materialismo, sensação, terra, casa, ao ar livre, confiabilidade, conforto, resistência, estabilidade, simplicidade.

Preto – Não, poder, sexualidade, sofisticação, formalidade, elegância, riqueza, mistério, medo, anonimato, infelicidade, profundidade, estilo, mal, tristeza, remorso, raiva.

Branco – Sim, proteção, amor, respeito, pureza, simplicidade, limpeza, paz, humildade, precisão, inocência, juventude, nascimento, inverno, neve, bom, esterilidade, casamento (culturas ocidentais), morte (culturas orientais), o frio, clínico, estéril.

Prata – riquezas, fascinante, que se distingue, da terra, natural, polido, elegante, de alta tecnologia.

Dourado – precioso, riquezas, extravagância, quente, fortuna, prosperidade, grandeza.

Mateus Ferreira

Mateus Ferreira tem 18 anos, é de Londrina-PR e atualmente cursa Comunicação Social - Publicidade e Propaganda. Sempre foi apaixonado por internet, edição de vídeos e programação, criou o Brainstorm Tutoriais em Janeiro/2011 com o intuito de compartilhar seu conhecimento.

Ver todas as postagens

Anúncio

Siga nossas Redes Sociais